Sapatos - DC Logistics Brasil
  •  
    • pt-br
    • en
  •  
Sua moda desfilando pelo mundo

Para a DC Logistics Brasil, cada operação possui uma logística específica. E para o ramo calçadista isso não seria diferente. Atendendo marcas de renome internacional, a equipe DC leva a moda do Brasil para o mundo.

linha-do-tempo-pt

Projeções para 2018/2019

No ano passado, o setor calçadista teve um aumento significativo, um volume financeiro de US$ 1,09 bilhão, superando o resultado de 2016. “O setor calçadista tem grande relevância para a recuperação econômica brasileira. Acredito que este ano encerre com números positivos”, afirma Rubia Karla Moreira, especialista em exportação de sapatos da DC.

Os indicadores econômicos mostram que a atividade comercial brasileira vem aquecendo com a oportunidade de exportação. Até o final de 2017 cerca de 60 mil empresas estavam atuantes no comércio internacional, segundo a Associação Brasileira de Consultoria e Assessoria em Comércio Exterior (Abracomex). Em uma pesquisa realizada pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) em julho deste ano, as projeções de negociações internacionais, se dividem em duas vertentes. Para 53,4% das empresas, a expectativa é que o incremento dos embarques ocorra pelo aumento na participação dos mercados em que já atuam, ou seja, pela ampliação do market share. Enquanto que, para 36,4% das organizações, a ampliação ocorrerá por meio de vendas para novos mercados. Somente 10% não vê aumento nas exportações.

Tendo em vista o cenário econômico brasileiro, diversos empresários viram no comércio internacional uma opção de investimento e oportunidade de abertura de novos negócios. “Esperamos que o cenário continue em crescimento e que haja uma solidificação desse formato nos próximos anos independente da recuperação econômica interna”, afirma Jailson de Souza, Sales Manager da DC Logistics Brasil.

Existem diversos fatores para o processo de exportação ou de internacionalização de uma marca, um deles é cercar-se de profissionais que poderão prestar consultoria e atendimento quando houverem dúvidas. “O caminho mais retilíneo para o sucesso é procurar quem entende do assunto e, aconselho órgãos e entidades especializadas nisto, como Apex, Sebrae e a entidades calçadistas mais próximas de onde se encontra o produtor. Adicionalmente pode-se fazer uma busca no mercado e falar com empresários que já realizaram este tipo de operação, troca de experiências é salutar e relevante, além de cercar-se da assessoria de um bom agente de cargas e que tenha essa commodity dentre os produtos tratados no seu dia a dia”, ressalta Souza.

Se você deseja exportar calçados, conte com a nossa equipe para um serviço de acompanhamento e cuidado.

Notícias sobre o mercado de sapatos
  • exportação-de-calçados

    Exportação de Calçados – Oscilação do dólar torna calçados brasileiros mais competitivos

    O valor do dólar influencia significativamente toda a economia mundial, e, no Brasil, a variação da moeda afeta de diferentes maneiras a economia nacional. Um dos setores que mais sofre impactos é o de exportações. No atual cenário, mesmo que a variação da moeda torne os produtos brasileiros mais competitivos, existe um certo receio dos… »
  • O principal destino do calçado brasileiro foram os Estados Unidos

    Exportações de calçados cresce 14,7% até julho de 2017

    As exportações de calçados foram afetadas pela recente valorização do real frente ao dólar. Mesmo assim os números dos primeiros sete meses de 2017 são positivos. O incremento foi de 14,7% em valores gerados no comparativo entre janeiro e julho deste ano em relação a 2016. No período foram embarcados 67,4 milhões de pares que… »